Portal do Agro
Governo articula os cursos de Engenharia de Pesca, Engenharia de Produção e Engenharia de Alimentos, no Campus Território dos Lagos | Fotos: Márcio Pinheiro/GEA
Destaque Notícias

Faculdade rural do Amapá terá mais três cursos de engenharia da UEAP

Cleber Barbosa, da Redação

A expansão do agronegócio e da agricultura familiar no Amapá sempre sugerem um debate sobre a qualificação da mão de obra local para atender às demandas do setor. Um campus rural da Universidade do Estado do Amapá (UEAP) vem sendo preparado para ser a referência para essa qualificação. O governador Waldez Góes visitou no fim de semana as instalações da unidade, oficialmente chamada de “Campus Território dos Lagos”, ocasião em que anunciou mais três cursos de graduação a serem ofertados nas áreas de engenharia.

A Região dos Lagos compreende uma área vocacionada à agropecuária, entre os municípios de Amapá, Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuúba. A visita ocorreu na sexta-feira, dia 9, e foi acompanhada de uma comitiva de gestores e aliados. Durante a visita às obras, o prefeito Carlos Sampaio lembrou do empenho da gestão estadual para a implantação do Campus Território dos Lagos na cidade de Amapá, primeiro polo da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), fora da capital.

O campus funciona, provisoriamente, na Escola Estadual Vidal Negreiros, onde o Governo do Amapá investiu mais de R$ 500 mil na adequação do prédio. “O governo do Estado e a reitoria da universidade já estão trabalhando no projeto do campus definitivo, que deve ser implantado no Parque de Exposições do município. E, de antemão, já anunciam a vinda de mais três cursos para o nosso campus: Engenharia de Pesca, Engenharia de Produção e Engenharia de Alimentos”, anunciou o prefeito.

Qualificação

O Campus Território dos Lagos foi inaugurado em junho de 2018, quando também realizou seu primeiro vestibular um mês antes ofertando 100 vagas, sendo 50 para Engenharia Agronômica e 50 para Licenciatura em Macapá. O vestibular recebeu mais de 1000 inscritos dos municípios de Amapá, Calçoene, Pracuúba, Tartarugalzinho, Porto Grande, Mazagão e da capital Macapá. Desse total, compareceram à prova, aplicada no município de Amapá, pouco mais de 600.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Diretor do Portal do Agro debate na TV os gargalos do agronegócio

Redação Portal do Agro

Curso superior gera novas oportunidades para gestores do agronegócio

Redação Portal do Agro

Comissão Nacional do Café debate liberação antecipada dos recursos do FUNCAFÉ

Redação Portal do Agro