Portal do Agro
Destaque Notícias

Comissão da OAB analisa Decreto de transferência das terras da União ao AP

O advogado Paulo Figueira, presidente da Comissão de Meio Ambiente da OAB AP, conduziu nesta semana, uma reunião no auditório da Ordem, com a participação de técnicos e especialistas em regularização fundiária do Governo do Estado do Amapá, da União, dos municípios, e a Associação dos Notórios e Registradores do Amapá (ANOREG/AP).

Na pauta, a apresentação de uma Análise Técnica e Jurídica dos Decretos Federais n.º 8.713, de 15 de abril de 2016 e o Decreto Federal n.º 10.081, de 25 de outubro de 2019. Ambos regulamentam a Lei n.º 10.304, de 5 de novembro de 2001, no que se refere à transferência ao domínio do Estado do Amapá de terras pertencentes à União.

O objetivo é analisar se após a edição da Lei Federal n. 10304/01 e demais Decretos Federais regulamentadores da Lei, é possível realmente acontecer a transferência de terras da União para o Amapá e eventualmente desenvolver o Estado. “Já que com título da terra os ocupantes e proprietários poderão obter licenciamento ambiental e financiamento em banco privado e público”, acrescenta o presidente da Comissão.

Nesta quinta-feira (14), o grupo esteve no MPE, para fazer uma apresentação do resultado desta análise técnica e jurídica junto ao promotor de Justiça do Meio Ambiente, Dr. Marcelo Moreira, no afã de promover seu entendimento e possibilitar um aporte de contribuições.

Além da Comissão Especial de Meio Ambiente da OAB-AP, esse estudo está sendo realizado por técnicos e engenheiros com conhecimento em direito fundiário e cartográfico.

 

Fonte: OAB-AP
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Pecuaristas são atendidos e ministério reduz dosagem da vacinação contra aftosa

Redação Portal do Agro

Pagamento por serviços ambientais serão tema de evento na Escola Família Agrícola

Redação Portal do Agro

Manejo biológico personalizado do solo aumenta produtividade e qualidade da produção

Cleber Barbosa