Portal do Agro
Destaque Notícias

ExpoBúfalo vai apresentar potencial da economia bubalina no Amapá

A potencialidade e a importância da criação do búfalo para a economia do Amapá e a discussão dos fatores componentes deste processo, serão apresentados durante a 1ª ExpoBúfalo. Realizado pelo Governo do Amapá, o evento está programado para ocorrer de 30 de maio a 2 de junho, no Parque de Exposição da Fazendinha e passa a integrar o circuito da TecnoAgro Amapá.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Robério Nobre, a pecuária é uma atividade econômica importantíssima para o Estado, mas, que, por causa do impedimento sanitário, durante muitos anos ficou como área de risco para a aftosa. E isso não permitiu o crescimento esperado. “Isso não quer dizer que todos os dias a gente consuma 85% de carne de búfalo”, complementou.

Na quinta-feira, 24, o Amapá recebeu o certificado internacional livre da febre aftosa com vacinação. Isto será um passo importante para o desenvolvimento local e fará com que a pecuária agregue pontos positivos na economia e ao Produto Interno Bruto (PIB) do estado. O Amapá possui um rebanho de aproximadamente 300 mil cabeças de gado. Desse total, 270 mil são bubalinos, o que coloca o estado na posição de segundo maior rebanho do país. “A importância do búfalo para nossa pecuária é muito grande, daí a necessidade de realizar o evento voltado para este rebanho”, frisou o titular da SDR.

O secretário ressalta que o evento discutirá quatro pontos específicos sobre a criação bubalina no estado: sanidade animal, genética, alimentação e mercado. Segundo Nobre, esses quatro fatores se unem para que gere a importância do búfalo para a economia do estado.

Programação
Durante os quatro dias de evento, serão realizadas palestras, seminários, mesas redondas, duas oficinas, uma sobre corte de carne e outra sobre o uso do leite.

Outro ponto que será apresentado na exposição será o Programa de Melhoramento Genético de Búfalos (Promebul), um programa do governo do Estado que pretende incentivar os produtores a melhorarem, geneticamente, a criação bubalina através de estudos e pesquisas.

Trata-se de uma iniciativa que vem sendo desenvolvida na região do Marajó (PA), onde foram realizadas 200 inseminações com sêmens de animais selecionados em fêmeas em 2017, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) do Pará. Com isso, se espera um rebanho geneticamente superior que vai garantir um salto na qualidade do rebanho paraense.

Criação bubalina
Atualmente, o Amapá possui 150 produtores que desenvolvem a atividade bubalina com quatro espécies – jafarabadi, mediterrâneo, murrah e carabao – geneticamente, modificadas. Os animais são criados na região do baixo Araguari, na Região dos Lagos, no município de Pracuuba e no Vale do Jari.

TecnoAgro Amapá
A TecnoAgro Amapá é uma política pública do governo do Estado que envolve um circuito de eventos para a promoção de negócios em todo o espaço estadual, que alia a amostra de conhecimento, tecnologia, modelos e sistemas que envolva boas práticas de aproveitamento dos recursos naturais e de baixo impacto ambiental.

O circuito será composto por sete eventos – Agropesc, no município de Amapá; Expointernorte, em Oipoque; ExpoVale, em Laranjal do Jari; ExpoFruta, em Porto Grande; Expomandioca, em Ferreira Gomes e ExpoBúfalo e Expofeira, em Macapá. O objetivo dos eventos é fortalecer as atividades econômicas regionais tendo como base a agropecuária, gerando oportunidades de negócios com a abertura para novos investimentos e a consolidação dos já existentes.

A TecnoAgro Amapá é uma política pública do governo do Estado que envolve um circuito de eventos para a promoção de negócios em todo o espaço estadual, que alia a amostra de conhecimento, tecnologia, modelos e sistemas que envolva boas práticas de aproveitamento dos recursos naturais e de baixo impacto ambiental.

O circuito será composto por sete eventos – Agropesc, no município de Amapá; Expointernorte, em Oipoque; ExpoVale, em Laranjal do Jari; ExpoFruta, em Porto Grande; Expomandioca, em Ferreira Gomes e ExpoBúfalo e Expofeira, em Macapá. O objetivo dos eventos é fortalecer as atividades econômicas regionais tendo como base a agropecuária, gerando oportunidades de negócios com a abertura para novos investimentos e a consolidação dos já existentes.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

INFORME DO AGRO | Novo Código Fundiário chega ao Parlamento Estadual

Redação Portal do Agro

Primeira Feira Itinerante de 2018 do Rurap atrai consumidores da zona sul de Macapá

Redação Portal do Agro

Escolha da Rainha da ExpoVale marca início da programação cultural da feira

Redação Portal do Agro