Portal do Agro
A importância da rastreabilidade para os produtores que desejam exportar é destaque no estudo.
Notícias

Pesquisa aponta estratégias para avanço da rastreabilidade de frutas e hortaliça

Da Redação

A prévia dos dados da pesquisa sobre rastreabilidade vegetal 2022, realizada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com 1.474 produtores de 22 estados foi apresentada em uma live na terça (23).

A transmissão foi mediada pela assessora técnica da CNA, Letícia Fonseca, e contou com a participação do presidente da Comissão Nacional de Hortaliças e Flores da CNA, Manoel de Oliveira; da presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Ligia Carvalho e da especialista em Rastreabilidade e Certificações da empresa PariPassu, Heidy Milan.

O resultado vai contribuir para a definição de estratégias para o avanço da rastreabilidade de frutas e hortaliças, de acordo com a Instrução Normativa Conjunta 02/2018, do Ministério da Agricultura e Anvisa, que define os procedimentos para a aplicação da rastreabilidade desses alimentos.

Do total de participantes, 41,9% disseram saber o que é rastreabilidade. O processo consiste na realização de registros, como o fluxo de informações entre a fase produtiva e de distribuição.

Dos 1.474 participantes, 13% indicaram que realizam rastreabilidade na produção. Destes, 74,1% apontaram que a adoção da rastreabilidade trouxe benefícios especialmente na gestão da propriedade. Cerca de 68% sinalizaram que não tiveram dificuldade para cumprir os procedimentos e registros exigidos pela Instrução Normativa Conjunta.

Para Oliveira, a pesquisa vai ajudar a nortear as ações para ampliar a adesão dos produtores. “A rastreabilidade ajuda na padronização de produtos, de processo e na profissionalização das cadeias produtivas. Faremos todo o esforço possível para ajudar a base produtiva”.

A importância da rastreabilidade para os produtores que desejam exportar foi destacada por Lígia. “É uma forma de atestar que o alimento está apto ao consumo, que é seguro. Além disso, contribui para transformar a gestão da propriedade, porque torna o processo mais claro para identificação de pontos de melhoria”.

Heidy lembrou que o hábito de coletar a informação sobre o lote é o primeiro passo para a rastreabilidade. “É necessário mostrar os caminhos ao produtor e desmitificar a rastreabilidade. É fundamental começar de maneira simples, tornando a informação simples e acessível. Quando documentamos os processos, fica mais fácil observar quais melhorias precisam ser feitas”.

Em sua apresentação Letícia destacou os benefícios demonstrados pelos produtores que já aderiram a esse processo. “A rastreabilidade trouxe segurança jurídica, manutenção dos clientes já acessados, acesso a novos clientes e melhoria dos processos de gestão da propriedade”.

Para rever a Live

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural disponibiliza a cartilha “Como implementar a rastreabilidade vegetal”. O material pode ser baixado gratuitamente na Estante Virtual da Coleção Senar (https://www.cnabrasil.org.br/senar/colecao-senar) e no aplicativo Estante Virtual Senar, disponível nas lojas Play Store e Apple Store.

O Senar oferece cursos na área de boas práticas na produção vegetal. Para saber mais, entre em contato com o Sindicato Rural de seu município ou com a Administração Regional do Senar de seu estado: https://cnabrasil.org.br/senar/institucional-senar

A CNA disponibiliza o sistema Agritrace, que permite ao produtor realizar a rastreabilidade e a rotulagem de produtos vegetais. Conheça: https://www.cnabrasil.org.br/agritrace-vegetal/

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Faculdade CNA abre inscrições para cursos de graduação EAD para o agronegócio

Redação Portal do Agro

Editorial do Estadão destaca o crescimento de municípios agropecuários

Redação Portal do Agro

“Se a agricultura do Brasil fosse um país seria a nação com maior crescimento do mundo”, diz BBC

Redação Portal do Agro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós vamos assumir que você está bem com isso, mas você pode optar por sair se quiser. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade & Cookies