Portal do Agro
Colunistas Destaque

Startup Cromai lança plataforma inovadora de gerenciamento de dados e mira ampliação

A startup de inteligência artificial no agro, Cromai, lança plataforma na qual os próprios usuários podem acessar todas as informações produzidas no processamento de imagens pela inteligência artificial em um único lugar e ainda gerar mapas e relatórios para análise das informações produzidas. “Essa nova tecnologia é uma demanda dos nossos clientes, seu desenvolvimento só foi possível graças a dedicação do nosso time de desenvolvedores e dos últimos investimentos feitos na empresa, que somaram US$ 4 milhões nos últimos três anos”, relata Guilherme Castro, CEO da Cromai.

Para suportar o crescimento alcançado e mirando em novas demandas como a internacionalização da tecnologia brasileira e entrada em outros mercados, a startup deve estender sua rodada de investimentos, com valores ainda não divulgados. “Nosso avanço segue acelerado com o início da atuação em grãos e fibras, que acontece oficialmente na próxima safra 2023/24 na cultura da soja”, explica o sócio e diretor de novos negócios da Cromai, Henrique Del Papa.

Mais do que pensar no futuro, a Cromai também investe esforços em otimizar sua tecnologia atual, que já é muito utilizada no mercado sucroenergético. “Em busca de melhorar a experiência do cliente e facilitar o uso da ferramenta de identificação de plantas daninhas, a plataforma vai receber as imagens das áreas selecionadas para os diagnósticos Cromai, acompanhar o status dos diagnósticos, criar, visualizar mapas, relatórios online e adaptar arquivos para pulverização, automaticamente, para os principais monitores do mercado, sem precisar utilizar softwares GIS”, orienta Del Papa.

“Nossa equipe está muito engajada com o lançamento da plataforma Cromai Atlas, pois queremos que a plataforma seja uma interface que conecte o cliente com a nossa entrega de valor. Conforme disponibilizamos novos diagnósticos e facilidades, reunimos todos esses dados em um único lugar para trazer conveniência e agilidade para quem já lida com uma quantidade vasta de informações do campo.” explica Bruno Laguna Paim, head de produto da Cromai.

Com a detecção de padrões de imagens coletadas por drones em campo para identificação e classificação de plantas daninhas, os produtores de cana-de-açúcar conseguem fazer a pulverização de defensivos de forma precisa e localizada, proporcionando uma redução média de 65% no uso de herbicidas. Além disso, os diagnósticos e a inteligência da Cromai permitem ainda o aumento da produtividade e da sustentabilidade na cultura, por meio de um controle mais efetivo de plantas invasoras, redução do tempo de máquinas em campo, e sua consequente queda no consumo de combustível e emissão de gás carbônico. A startup ainda dispõe de outras soluções de IA como detecção de impurezas vegetais nos carregamentos de cana-de-açúcar que chegam nas indústrias.

A tecnologia de identificação e classificação de plantas invasoras está presente em mais de 60 usinas e em nove dos 10 maiores grupos do setor sucroenergético e já firmou contratos com mais de 10 produtores de grãos antes mesmo do lançamento oficial para esse segmento de mercado.

Flávia Romanelli

Assessora de Imprensa

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Lucas Barreto ingressa na Frente Parlamentar da Agropecuária e defende setor produtivo

Redação Portal do Agro

Mudanças climáticas podem afetar produção de grãos, alerta pesquisador

Redação Portal do Agro

Aquisição de Alimentos injetou R$ 1,5 milhão na agricultura familiar em 2019

Redação Portal do Agro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós vamos assumir que você está bem com isso, mas você pode optar por sair se quiser. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade & Cookies