Portal do Agro
As parcelas tratadas produziram 500 quilos a mais por hectare, segundo empresa | Divulgação
Destaque Notícias

Bioativador à base de algas marinhas pode aumentar produtividade do arroz

A Koppert está lançando no Brasil uma linha de bioativadores formulados com o extrato da alga marinha Ascophyllum nodosum, mundialmente reconhecida por promover o crescimento das plantas e melhorar sua resistência frente aos estresses e ao ataque de pragas e doenças. Em campos de arroz, por exemplo, a aplicação do produto resultou em um cultivo mais vigoroso, com maior quantidade de panículas produtivas do cereal em 12,6%. As parcelas tratadas produziram 500 quilos a mais por hectare, em comparação com as parcelas de controle.

Em lavouras de batata, em Curitiba (PR), as plantas foram colhidas e avaliadas 65 dias após a semeadura e as aplicações do produto elevaram o número de tubérculos por planta em 15,8% e aumentaram o diâmetro em 36,4%.

Essa variedade de alga é usada na agricultura há séculos e as pesquisas que atestam seus benefícios são amplamente difundidas, além de se tratar de uma matéria-prima limpa e renovável. Entre os muitos benefícios do produto estão: estimula o maior crescimento radicular e vegetativo; proporciona maior vigor e sanidade de raízes, folhas e frutos; potencializa a absorção e aproveitamento dos nutrientes disponíveis para as plantas; aumenta a tolerância da planta por estresses; proporciona maior brotação das gemas; indução e desenvolvimento de flores; melhora da escala de classificação dos frutos e incremento de produtividade.

De acordo com o coordenador de desenvolvimento agronômico da Koppert do Brasil, Marcelino Borges de Brito, por ser um bioativador (estimula a planta a produzir hormônios de acordo com a sua necessidade) o produto pode proporcionar diversas vantagens como maior volume de raiz, maior pegamento floral e maior enchimento de grãos. “Além disso, o Ascophyllum faz com que a planta expresse o seu potencial genético por estimular diversos mecanismos fisiológicos.  O produto vai auxiliar a planta a tolerar ou se recuperar dos estresses causados por falta ou excesso de água, insolação, fitotoxidade, entre outros”, explica.

A linha Natugro, lançada pela Koppert, é 100% natural, sem nenhum fitormônio sintético. Entre os produtos estão o Roadster, para a cultura da cana-de-açúcar; o Stingray, para grãos e o Acadian, para hortifrutícolas.

Os bioativadores podem ser utilizados nas sementes e mudas, visando o desenvolvimento radicular e na pulverização foliar, para manter a sanidade vegetal, formação de flores e uniformidade dos frutos.

Sobre a Koppert

A Koppert Biological Systems está presente no Brasil desde 2011, quando iniciou seus primeiros registros. Atualmente, conta com duas modernas instalações fabris: a unidade de microbiológicos, localizada na cidade de Piracicaba, e a de macrobiológicos na vizinha Charqueada, ambas no estado de São Paulo.

A empresa possui infraestrutura completa para atender à crescente demanda do mercado agrícola por defensivos biológicos, tornando a agricultura brasileira mais sustentável, saudável e em harmonia com a natureza.

Com processos produtivos padronizados, seguros e altamente tecnificados, garante confiabilidade e qualidade dos seus mais de 19 produtos. A empresa conta ainda com departamento próprio de Pesquisa & Desenvolvimento para aperfeiçoamento de tecnologias de controle biológico para a agricultura tropical.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Agroextrativistas do Marajó participarão de oficina sobre políticas públicas na Embrapa-AP

Redação Portal do Agro

Superintendente de aprendizagem rural fala do curso de técnico em agronegócio no Amapá

Redação Portal do Agro

Seminário na CNA vai abordar impactos de novas tecnologias no comércio Brasil-China

Redação Portal do Agro