Portal do Agro
A entidade congrega ainda empresas e instituições que apoiam suas iniciativas, como a Koppert do Brasil, nova parceira do Comitê.
Notícias

Koppert é a nova parceria do Comitê Estratégico Soja Brasil, o CESB

Da Redação

O Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que tem por objetivo alavancar a produtividade da soja no Brasil e incentivar as melhores técnicas de sojicultura no país. Formado em 2008 por renomados profissionais e pesquisadores de diversas áreas, o CESB se destaca, ano a ano, pelo seu comprometimento com práticas sustentáveis e com a excelência produtiva. A entidade congrega ainda empresas e instituições que  apoiam suas iniciativas, como a Koppert do Brasil, nova parceira do Comitê.

Para o diretor comercial da Koppert do Brasil, Gustavo Herrmann, patrocinar o CESB é uma forma de mostrar que o manejo biológico na cultura da soja é uma realidade e um grande aliado na busca pela produtividade sustentável nessa cadeia. “Nossos maiores clientes são produtores de grãos de todo o país que investem no controle biológico para produzir mais e melhor”, explica.

Gustavo Herrmann, diretor comercial da Koppert do Brasil | Foto: Divulgação

De acordo com Leonardo Sologuren, presidente do CESB, as parcerias são fundamentais para o fortalecimento do CESB. “Damos as boas-vindas a Koppert e a toda sua equipe. É ótimo termos o apoio de empresas que queiram contribuir para a propagação do conhecimento, das tecnologias e das práticas inovadoras de cultivo, promovendo a integração de toda a cadeia produtiva da cultura da soja”.

A principal iniciativa do CESB é o Desafio de Máxima Produtividade, que tem como objetivo incentivar sojicultores a intensificar a produtividade, por meio da utilização das melhores técnicas de cultivo. A edição atual teve um recorde de 6 mil inscritos, um aumento de quase 15% no número de participantes, em comparação com a do ano passado.

De acordo com o presidente do CESB, o Desafio se firmou como uma real oportunidade para o agronegócio brasileiro utilizar ainda mais práticas sustentáveis de excelência no cultivo de soja, além de incentivar o compartilhamento de informações entre os agentes de todo o sistema produtivo. “Essa empreitada ajuda os produtores a encontrarem maneiras de obter crescimento da produção de forma vertical, ou seja, visando o aumento da produtividade, de forma sólida, sustentável e rentável”, pontua.

Além do tradicional Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja, o CESB realiza uma série de outras ações que visam o incremento da produtividade média da sojicultura. Uma destas iniciativas é o Máster em Tecnologia Agrícola (MTA Soja), primeiro curso de pós-graduação em soja. Organizado pelo CESB, em parceria com a Elevagro, o curso terá conteúdo abrangente, contemplando boas práticas e altas produtividades.

Comitê

O CESB é composto por 22 membros e 30 entidades patrocinadoras: Basf, Bayer, Syngenta, UPL, FMC, Jacto, Mosaic, Superbac, Corteva, Instituto Phytus, Eurochem, Compass Minerals, ATTO Adriana Sementes, Stoller, Timac Agro, Brasmax, Stara, Datafarm, Viter, Somar Serviços Agro, Ubyfol, Fortgreen, KWS, Yara, Sumitomo Chemical, Adama, Agrivalle, HO Genética, FT sementes, Biotrop, Koppert e IBRA.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Abrafrutas debate medidas para facilitar exportações de frutas frescas

Redação Portal do Agro

Embrapa retoma atendimentos presenciais no Amapá dia 1º de março

Cleber Barbosa

Cerimônia marca reconhecimento oficial do Amapá como livre da aftosa, com vacinação

Redação Portal do Agro