Portal do Agro
Dirigente da estatal de assistência rural defende estratégia de tornar o produtor um fornecedor de alimentos | Foto: Maksuel Martins
Notícias

Alimentos da agricultura familiar injetam R$ 1 milhão na economia, diz Rurap

O Governo do Amapá está dando continuidade às feiras do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em diversos municípios do estado, sob a coordenação do Instituto de Extensão, Assistência e Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap). A última atualização das atividades contabilizou mais de R$ 1 milhão injetado pelo PAA diretamente na agricultura familiar.

Os dados do programa mostram que no período entre o segundo semestre de 2020 até o final do mês de fevereiro deste ano foram realizadas 60 feiras e, assim, adquiridos mais de 250 mil toneladas em produtos, atendendo 482 agricultores, 171 entidades sociais e beneficiando mais de 44 mil pessoas em todo o Amapá.

De acordo com a agricultora Joaquina da Silva, 74 anos, da comunidade do Carmo do Maruanum, área rural de Macapá, o programa tem ajudado muito, pois é o que possibilita a melhor saída para os produtos. “Nesse tempo de pandemia foi a nossa salvação já que não tínhamos para quem vender e era muito difícil vir até a cidade. O PAA chegou em um grande momento”, destacou.

 

Para o diretor-presidente do Rurap, Hugo Paranhos, mesmo com todas as adversidades, o governo vem conseguindo dar andamento ao programa e desta forma atendendo aos agricultores. “Estamos engajados em realizar o PAA da melhor maneira possível, pois sabemos que ele chega ao pequeno agricultor que muito necessita e é por isso que existe um grande trabalho no Rurap para executar este programa”, disse.

Nesta quarta-feira, 3, foi realizada em Macapá a 8ª feira do programa. A capital é líder na concentração de recursos, somando, até o momento, investimento de mais de R$ 270 mil na aquisição de 59 mil toneladas de alimentos e beneficiando 127 agricultores, 37 entidades e mais de 11 mil pessoas.

Recurso especial

O recurso que está sendo executado pelo PAA é de R$ 3,9 milhões e faz parte de uma ação para amenizar os impactos negativos da pandemia de covid-19 no setor da agricultura familiar. Com articulação em Brasília da deputada federal Aline Gurgel, junto ao Ministério da Cidadania (MC) foram liberados cerca R$ 5,2 milhões para investimento direto no estado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Receita do setor agropecuário nacional rendeu R$ 600 bilhões e cresceu 3,1% em 2018

Redação Portal do Agro

A chegada da soja vai promover uma revolução na gastronomia do Amapá, diz especialista

Redação Portal do Agro

Deputado destina R$ 200 mil para campo de pesquisa agropecuária da Embrapa em Macapá

Redação Portal do Agro