Portal do Agro
Destaque Notícias

3ª ExpoVale transforma potencial produtivo em oportunidade de negócios

No segundo dia da programação do Circuito TecnoAgro Amapá – 3ª ExpoVale, que segue até sábado, 7, no Parque de Exposição da Associação dos Criadores do Vale do Jari (Crivaj), no município de Laranjal do Jari, os visitantes puderam conhecer expositores locais e de outros municípios, além de prestigiarem um show gospel, que antecedeu o início do rodeio.

Nessa noite de quinta-feira, 5, os expositores foram visitados e puderam mostrar o conteúdo levado até a ExpoVale, com a intenção de promover os serviços prestados por cada um. Entre os 20 estandes, apenas seis são da capital Macapá. O restante é do Vale do Jari, que engloba os municípios de Mazagão, Laranjal do Jari e Vitória do Jari, no Amapá, e Almeirim, no Estado do Pará.

Desses expositores locais, alguns trabalham com produtos de extrativismo, como é o caso da Associação das Mulheres do Alto Cajari (Amac). A produtora de castanha Analice Rodrigues, 53 anos, faz parte da associação da comunidade e disse que está feliz em poder participar do evento. “Trouxemos diversos produtos derivados da castanha para apresentar aos visitantes como é feito o nosso trabalho. Somos mais de 100 mulheres de garra, que batalhamos todos os dias para tirar nosso sustento”, ressaltou Analice que está esvaziando o estande dela com a venda dos seus produtos.

Os demais apresentam serviços como: internet; energia fotovoltaica; animais de raça; tecnologias; máquinas para o campo; movelaria; entre outros, como o Chopp da Vovó, que está desde a 1ª ExpoBúfalo comercializando o produto e atraindo cada vez mais apreciadores dos sabores regionais.

Show Gospel e Rodeio

O show gospel foi comandado pela banda Manancial, de Laranjal do Jari, e pela cantora Jucy Ramalho, que prepararam o ambiente com louvores e adoração para o início do rodeio da ExpoVale.

Após o show, os peões fizeram a oração inicial para começar as apresentações. Foram 15 competidores, disputando quem durava oito segundos em cima do boi, buscando garantir pontos para o ranking classificatório. Critérios como postura, tempo e desempenho do animal são avaliados a cada montaria.

O evento é realizado pela RL Produções e pela Federação de Rodeio Amapaense (Ferap), com uma grande estrutura de palco, arquibancadas, área vip, camarote executivo, som, sistema de segurança, telão de LED, iluminação e atrações de rodeio.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Daniel Sebben diz que grandes ou pequenos produtores devem visar o mercado

Redação Portal do Agro

Seleção genética na cultura da mandioca aumenta produtividade no Amapá

Redação Portal do Agro

Diplomatas na Ilha do Marajó para conhecer fazenda do melhor queijo de búfala do país

Redação Portal do Agro