Portal do Agro
Avaliação está no boletim “Ativos da Pecuária de Leite do Projeto Campo Futuro”, elaborado pela CNA, Senar e Cepea
Notícias

Estudo diz que produtor de leite deve ter cautela e planejar bem 2021

Da Redação

No primeiro bimestre de 2021, as despesas com a atividade leiteira continuaram em alta e os valores pagos pelo leite ao produtor tiveram desvalorização. Diante desse cenário, a previsão para esse ano é de mais dificuldade no controle dos custos de produção, exigindo cautela e planejamento por parte do pecuarista.

A avaliação é do boletim “Ativos da Pecuária de Leite do Projeto Campo Futuro”, elaborado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

De acordo com a publicação, a pressão sobre os custos é consequência dos atuais preços dos grãos. Ao considerar os valores de custo sob o ponto de vista dos resultados da “Média Brasil” (Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), os desembolsos com a alimentação concentrada (milho e farelo de soja) subiram 6,23% nos dois primeiros meses de 2021, segundo dados do Projeto Campo Futuro.

Por outro lado, no mesmo período, a receita por litro de leite comercializado registrou retração de 4,3%, também com base na “Média Brasil”. Nesse contexto, o ano inicia com mais pressão sobre o poder de compra do produtor de leite, que ao longo de 2020 viu o custo com concentrado na atividade disparar.

O documento destaca ainda que o restante do ano de 2021 deve permanecer com os custos de produção elevados para o produtor de leite. Fatores como câmbio, exportações dos grãos e incertezas climáticas para a segunda safra de milho devem ditar os mercados dos principais insumos nos próximos meses.

Diante dessa previsão, a CNA orienta os produtores a fazer o acompanhamento sistemático dos mercados e, principalmente, o uso eficaz de ferramentas de gestão dos custos de produção.

Clique aqui para ler o boletim.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Evento científico em Macapá debate a indicação de procedência de produtos rurais

Redação Portal do Agro

Amapá ultrapassa 5 mil imóveis inscritos no Cadastro Ambiental Rural 2018

Redação Portal do Agro

Dados parciais da TecnoAgro registram mais de R$ 3 milhões em negócios

Redação Portal do Agro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós vamos assumir que você está bem com isso, mas você pode optar por sair se quiser. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade & Cookies