Portal do Agro
No período das chuvas, o objetivo da suplementação é alcançar ganho de peso acima do potencial das pastagens.
Destaque

Suplementação proteico-energética é essencial no equilíbrio para animal a pasto

Da Redação 

O plano de alimentação dos animais a pasto deve ser desenvolvido com cautela pelo pecuarista, para garantir o fornecimento dos nutrientes necessários, com o objetivo de atingir um nível de produção viável economicamente durante todo o ano – tanto no período seco como em épocas chuvosas.

A médica-veterinária e Coordenadora de Produtos da Connan, Júlia Marques, destaca que, para a produção de bovinos de corte, a fonte mais barata de alimentação é a pastagem. “E, neste sentido, existe uma variação sazonal da produção e qualidade das forragens, causada pelas características climáticas do Brasil”, explica.

O período das águas, como são conhecidos os meses do ano que concentram o maior volume de chuvas em boa parte do país, é também a época em que a produtividade e qualidade das forragens aumentam, assim como a capacidade de fornecer os nutrientes para o desempenho satisfatório dos animais.

“Dessa forma, o objetivo da suplementação nas chuvas é alcançar um ganho de peso acima do potencial das pastagens, que pode garantir uma média de 500 g/animal/dia”, afirma Júlia. “No período das chuvas, a suplementação proteico-energética auxilia no desenvolvimento de um ótimo equilíbrio de energia e proteína para o animal, melhorando o seu desempenho”, completa.

Para a coordenadora, a suplementação proteico-energética é vantajosa quando o manejo da pastagem busca aumentar a qualidade nutricional e estrutural da forragem para proporcionar teores de proteína bruta acima de 11%.

“Em alguns casos, principalmente em pastagens degradadas e em solos de baixa fertilidade, a suplementação mineral proteico-energética nas chuvas acrescenta maiores ganhos de produtividade, melhorando o equilíbrio entre energia e proteína que o animal consome, resultando num efeito positivo sobre o desempenho animal”, garante a Coordenadora de Produtos.

Portfólio Connan 

O Connan Master 300 e Connan Master 500 atendem as necessidades nutricionais durante o período das chuvas nas fases de recria e engorda. A utilização desses produtos permite aumentar a eficiência de conversão das pastagens, melhora o ganho de peso dos animais e encurta os ciclos de crescimento e engorda dos bovinos.

Para as propriedades que realizam confinamento, a suplementação também permite um abate mais precoce, com redução nos custos do confinamento e aumento na rentabilidade da fazenda.

Sobre a Connan

Com sede em Boituva (SP) e filiais em Campo Verde (MT) e São Gabriel D’Oeste (MS), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais acionistas os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo, localizada em Uberaba (MG).

Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico e possuir a tecnologia Aglomerax, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos.

Mais informações: http://www.connan.com.br.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Publicações Relacionadas

Senar e Rurap assinam acordo de cooperação técnica para a formação profissional no campo

Redação Portal do Agro

Webinar sobre controle biológico na cafeicultura e manejo integrado de pragas e doenças

Redação Portal do Agro

Justiça Federal determina a regularização de terras no Amapá em favor de produtores

Redação Portal do Agro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Nós vamos assumir que você está bem com isso, mas você pode optar por sair se quiser. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade & Cookies